09 DE DEZEMBRO

|

Informativos por E-mail

PUBLICIDADE

O vaqueiro Júnior Latércio está de volta ao CPV representando a equipe WS-AD

Publicado em 03 de Abril de 2018 por Genivaldo Lima

O CAMPEÃO VOLTOU

NATALY ROXA AD na sela de Júnior Latércio. Foto: Renan Leoncio

O campeão 2017 do Campeonato Portal Vaquejada e o novo contratado da equipe WS e AD para competir a temporada 2018 do CPV e chega as pistas trazendo na bagagem o título de campeão nacional e muita raça para enfrentar os adversários montando os animais NATALY ROXA AD, SONHADORA ROXA AD e SILVER ESTRELA, três filhos do consagrado garanhão SILVER WILD SLN (ROXÃO). Esses craques serão esteirados pelos craques MR KEYS STEEL JSA e BAIRA ROXA AD

SILVER ESTRELA na sela de Júnior Latércio. Foto: Allan Damasceno

Latércio transformou-se num fenômeno nas pista e o atual campeão do CPV 2017, e agora volta bem respaldado para correr em três excelentes animais, que já mostraram qualidades e estão prontos para fazer valer o boi. O vaqueiro do Rio Grande do Norte já entrou para a história da vaquejada como um atleta competitivo possuidor de força, coragem, técnica e humildade. “Deus me deu mais essa missão e vou enfrentar com muita fé, respeitando sempre os adversários, praticando o bom espírito desportivo e tentando corresponder às expectativas de meus patrões, ” disse Júnior Latércio.

SONHADORA ROXA AD na sela de Júnior Latércio

O empresário Jonatas Dantas do Ana Dantas Ranch e o cantor Wesley Safadão do Haras WS, investiram pesado colocando à disposição de Júnior Latércio seus melhores animais que já começam a apresentar resultados. Genética de campeão é o que não vai faltar na equipe parceira que chega chegando para esquentar ainda mais a disputa pelo mais cobiçado título nacional da categoria.

O empresário Jonatas Dantas e o cantor Wesley Safadão ao lado do garanhão SILVER WILD SLN (ROXÃO).

A estréia de Latércio no CPV 2018 acontecerá neste final de semana na etapa do CPV em Surubim-PE na vaquejada do Manduri Park Show que começa nesta quarta, dia 4 de abril, com uma premiação de R$ 132 mil e uma boiada que dispensa comentário. Agora, é pagar para ver, quem na verdade é o melhor dentro da pista e fazer a torcida vibrar.