09 DE DEZEMBRO

|

Informativos por E-mail

PUBLICIDADE

Giovana Ferreira vem fazendo história como a mais nova vaqueira a liderar o CPV

Publicado em 17 de Junho de 2019 por Genivaldo Lima

FÉ, FORÇA E FOCO!

Assim como no futebol, as mulheres também estão se destacando na vaquejada como atletas da sela. Já é grande o número de vaqueiras que fazendo bonito nas pistas demonstrando índices técnicos comparados e as vezes até superior a muitos homens. O Campeonato Portal tem incentivado essas meninas, abrindo espaço para que elas concorram no maior e bem mais organizado certame do Brasil e agreguem valor as suas carreiras conquistando no final do ano o mais cobiçado troféu do esporte equestre, na festa do Prêmio Melhores do Ano.

Com apenas 15 anos, a pernambucana Giovana Ferreira já é uma das mais conhecidas vaqueiras do Brasil e atual líder do CPV 2019 com uma certa folga em relação a suas concorrentes, pois a sua sequência de vitórias já proporcionou a soma de 225 pontos, 110 a mais do que a segundo colocada, Jenniffer Emanueelle. Desta forma, a jovem vaqueira fecha a primeira temporada do ano com uma larga vantagem na carreira rumo ao lugar mais alto do pódio.

Atualmente, representando o Grupo Maria das Neves, Giovana vem apresentando uma excelente performance entre as melhores da categoria feminina montando o seu cavalo BLACK BINGO. A menina que sempre contou com o incondicional apoio dos pais, Iremaya Santana e Gercyer Gomes, lembra que começou muito cedo a montar a cavalo em um potro nascido na fazenda da família no qual iniciou sua carreira, depois passou a montar e competir na égua Estrela e logo descobriu que existia mulheres correndo na vaquejada e bastou assistir uma disputa da classe feminina próxima a sua cidade, que se apaixonou de vez e disse aos pais, que lhe acompanhava no momento: ”É isso que eu quero pra minha vida. Vou ser vaqueira e ganhar muitos prêmios”.

Em pouco tempo competindo e apesar dos seus 15 anos, Giovana Ferreira já é uma craque, mas acrescenta que até chegar na cabeça do CPV 2019 ela passou por muitos desafios. “No começou as pessoas me olhavam meio de lado e até me criticavam de forma direta dizendo que eu nunca iria ser vaqueira. Aquilo me deixava triste e muitas vezes chorei, mas por outro lado só me fortalecia e aumentava ainda mais a minha fé em Deus e a certeza de que um dia eu chegaria lá. Treinei muito me dediquei ao máximo e além da prática fui buscar a teoria e aprimorar a técnica em cursos de rédea e doma com os melhores professores do Brasil. Quanto mais as dificuldades aumentavam, mas eu me agarrava com Deus e me esforçava para fazer acontecer. Foi com força, foco e fé que cheguei até aqui e quero ir mais longe. Este ano a minha principal meta é ser a Melhor do Ano pelo Campeonato Portal Vaquejada e para isso tenho recebido apoio dos meus pais e de pessoas amigas como o Dr. Fernandinho e Seu Zé Ozório do Grupo Maria das Neves, ” finalizou Giovana.

Foto: Renan Leoncio