09 DE DEZEMBRO

|

Informativos por E-mail

PUBLICIDADE

Recorde de venda na oitava edição do Leilão Qualidade 2007, de cavalos Quarto de Milha

Publicado em 10 de Setembro de 2007 por Portal Vaquejada

O evento movimentou R$ 964 mil e atraiu compradores de todo o Brasil. Ao todo subiram o palco 51 lotes de animais com genética comprovada em trabalho, corrida e vaquejada selecionados pela Loly Assessoria em haras de oito estados brasileiros. O leilão foi realizando na noite do dia 22 de agosto, no Caxangá Golf & Country Club, em Recife - PE.

 Os maiores investimentos foram nas fêmeas MICO DEE (Sage Mico  x Miss Dee Jay, por Mr Jay Bee Dee), lote 31, matriz, alazã, de 06 anos, com prenhes do garanhão Eternal Fire SLN, que segue do Haras Porto Rico (AL) para o Condomínio formado por Celso Pontes De Miranda Filho (AL) e Arthur Cesar Pereira de Lyra (AL); e CATCHME WILD CR (Silver Wild SLN x Catchme Easy Lady PR, por Catch Gold EMB), lote 25, potra, tordilha, de 02 anos, de Haroldo de Sá Bezerra Filho (RN) para o Condomínio formado por Marcus de Sales Loureiro (AL), Celso Pontes de Miranda Filho (AL) e Arthur Cesar Pereira de Lyra (AL), ambas vendidas por R$ 40 mil.

 Entre os machos, os destaques foram OLENA PECADO HAP (Mean And Lean x Black Suzie HP, por Black Par PH), lote 17, potro, castanho, de 04 anos, treinado para vaquejada, pronto para competir no potro do futuro 2007, puxando de esquerda, do Haras Blackout (PE) para Franklin Gomes da Silva (PE), por R$ 32 mil e AQUILES APOLLO MRL ( Apollo VM x Truly?s Dancer, por Truly?s Easter), lote 12, potro, alazão, 03 anos, de Carlos Roberto Santos (PE) para Adinaildo Alves de Vasconcelos (PE),  por R$ 30 mil.

 A média geral dos animais vendidos ficou em torno de R$ 18,9 mil, superando a média de 17,5 mil da edição anterior, conforme mapa fornecido pela Agreste Leilões, empresa leiloeira que realizou o evento.

Criadores de todo o Brasil participaram ativamente comprando pelo telefone por meio da transmissão ao vivo pelo Canal Rural. Dos 51 lotes oferecidos, 24 foram arrematados pelo telefone. Foram vendidos animais para os estados de Santa Catarina, Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais, Pará, Distrito Federal, Sergipe, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Ceará.

 Durante o leilão foi oficializada a Associação Brasileira de Vaquejada (ABV), órgão que pretende organizar o esporte e motivar competições em todo o País, e que já começa com mais de R$ 40 mil em caixa. O criador Jonatas Dantas doou o lote 8, a égua Italian Light HP, para a associação que foi arrematada pelo valor de R$ 20 mil, por telefone, pelo presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Quarto de Milha (ABQM), Ovídio Vieira Ferreira. A égua foi redoada e vendida novamente por R$ 18 mil engordando a verba revertida para a associação. Além dos lances, a ABV recebeu doações avulsas de outros criadores participantes do leilão.

 O pregão foi conduzido pelo competente leiloeiro paulista Nilson Genovesi e promovido pelos criadores pernambucanos Frederico Leite, Nelson Costa, Rodrigo e Marco Magalhães e Sérgio e Thereza Novaes. E pelos alagoanos Marcus Loureiro, Olival Tenório e Themis Vilela. Além dos promotores, outros 19 convidados do Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo complementam o time.

Dados: Patrícia Natuska ? (81) 9235-3284