09 DE DEZEMBRO

|

Informativos por E-mail

PUBLICIDADE

Duas etapas e a concorrência entre os Aspirantes do CPV fica em evidência

Publicado em 21 de Fevereiro de 2013 por Clara Marinho

Os cavalos de Puxar – categoria Aspirante – começaram a temporada querendo mostrar ‘serviço’ no Campeonato Portal Vaquejada. E conseguiram. No primeiro ano em que a categoria está apta a concorrer ao título de melhor do Brasil pelo CPV, a promessa é de que o ano seja de evolução e competitividade na classe que tem obtido destaque no esporte.
 
Das quatro etapas realizadas, os Aspirantes pontuaram em duas: Água Preta-PE e Alagoa Grande-PB. Dois times paraibanos brilham na tabela do Brasileirão das Vaquejadas: Equipe SM de Vaquejada, de São Bento e Haras PFF, de Capim.
 
A égua God Dess Eternaly fez sua primeira apresentação em Alagoa Grande, no Parque Santa Terezinha. Na sela de Paulinho de Cuca, God Dess somou 30 pontos e garantiu a vice-liderança do Campeonato Portal. Paulinho encerrou a disputa na sexta e primeira colocações, mas, como trocou de montaria na rodada final, God Dess ficou com os pontos da 6ª colocação. Também lhe foi atribuído a pontuação referente à rodada em que parou de competir, baseado no regulamento do CPV.
 
O líder dos Aspirantes – o cavalo Chumbinho – é veterano no maior campeonato entre cavalos de vaquejada. Ele foi campeão em 2010, pela categoria Amador, na sela de Vinícius Miranda. Agora, montado por Júlio Neto, Chumbinho têm 100% de aproveitamento em seus 40 pontos, devido à 3ª colocação no Parque Estácio Varjal e ao 4º lugar no Parque Santa Terezinha.
 
Whisky Gamay (Representação Cuca Construções) e Dani Ryon LCB, de Welington-PE estão em 3º, empatados com 20 pontos, cada um.
 
Foto Legenda: Foto 1: Paulinho de Cuca, na God Dess; Foto 2: Júlio Neto no Chumbinho
Crédito: Allan Damasceno