09 DE DEZEMBRO

|

Informativos por E-mail

PUBLICIDADE

Militão fala sobre a realização de um sonho: ser campeão nacional

Publicado em 25 de Novembro de 2013 por Clara Marinho

O vaqueiro campeão da categoria Amador falou com a equipe do PV sobre a tão esperada vitória. Pedro Militão é paraibano, natural de Patos-PB, mas mora na capital, João Pessoa. Após percorrer todo o Nordeste em busca de pontos, Pedro, enfim, vê seu sonho realizado: com 340 pontos e 5 troféus de primeiro lugar, o vaqueiro do Rancho Alagamar é, por antecipação, campeão nacional de vaquejada.  “Esse foi um ano de muita batalha, de abdicações, de foco, mas é o ano em que realizei meu sonho de ser campeão nacional. Graças a Deus, ao apoio dos meus pais e amigos”, disse Pedro.

Ao longo da temporada, Militão arrastou torcedores por onde passou, consagrou sua equipe, integrada também por Paulinho de Cuca e Maílton Vale. E, principalmente, conquistou visibilidade em diversas montarias. O sucesso do campeão nacional começou a ser escrito na sela de Duque Wars, animal de sua propriedade. Prejudicado por uma lesão, Duque foi afastado das pistas.  Mas, não faltou montaria para o vaqueiro. “Foi onde mais senti dificuldade. Depois do Duques, veio a Top Inesquecível, égua que meu deu três primeiros lugares. Quando ela morreu, senti que as coisas apertaram. Mas Deus sempre me ajudou e colocou amigos ao meu lado. Corri com o Sanjay Eternaly LAG (Lourinho), animal do Rancho Alagamar, e com Império do Tabuleiro (Ronaldinho), do amigo Ibernon Neto, que me ajudou muito nessa reta final”.

Em momento algum o campeão esqueceu-se dos amigos que estiveram ao seu lado. Bruno Silva e Alex Araújo, esteireiros sempre presentes e Maílton Vale, cunhado e companheiro de equipe foram lembrados. “Agradeço de coração à todos”. Mas, de dois amigos ele fala com mais emoção: Paulinho e seu pai, Cuca. “Paulinho me acompanhou em praticamente todas as etapas, me incentivando e dando forças, como um irmão faria. Quanto a Cuca, posso dizer que ele é meu segundo pai, o meu pai nas vaquejadas”.

Chegar aonde sempre quis exigiu de Pedro muita paciência, determinação e, evidentemente, abdicar de muita coisa. Seus fins de semana foram dedicados ao Ranking Nacional. “Perdi o aniversário da minha mãe, dona Diana Militão, e do meu sobrinho, deixei de visitar lugares que gosto e de estar com a família. Sou muito grato pela compreensão dos meus pais e do apoio, sem isso eu não teria conseguido”, ressaltou Militão. Em falta com a mãe, Pedro garantiu que seria campeão e dedicaria o prêmio à mãe, no dia em que ela aniversariou. E assim o fez na vaquejada de Água Preta-PE, onde assumiu a liderança do Ranking pela 1ª vez.

Disciplina e foco fazem parte da realização deste sonho. “Não é suficiente correr só nas vaquejadas. Durante a semana, sempre que podia, eu treinava, com ajuda do meu pai, tentando corrigir os erros do fim de semana”.

Sempre arrodeado de amigos, Pedro chegou a se sentir sozinho e reconhece esse, como um dos momentos mais difíceis do ano. “Saí de casa sozinho, eu e Deus, a caminho de Jaguaribe-CE, rodei mais de 700 km de carro e cheguei a me perguntar o que eu estava fazendo. Esse foi um momento muito marcante. Mas olho para trás e vejo que tudo valeu a pena e que faria de novo”. Valeu tanto a pena que desde esta corrida ele lidera a competição. “Mesmo com todas as dificuldades que passei, nunca pensei em desistir. Ao contrário, todos os dias eu olhava a tabela do Portal Vaquejada imaginando o dia em que chegaria esse momento. O que me moveu foi a fé em Deus e a vontade de ver meu sonho realizado”, declarou.

O melhor Amador do Brasil monta cavalos desde os quatro anos de idade e lembra, emocionado, do dia em que conquistou seu primeiro prêmio correndo vaquejada. “Foi uma bicicleta. Tinha 15 anos e venci a final Mirim da vaquejada do Parque Santa Terezinha, em Alagoa Grande-PB”. Dez anos depois, Pedro Militão recebe como prêmio, carros e motos, nos principais parques de vaquejada do país. De lucro, ele conquistou mais de R$ 90 mil na temporada.

Pedro subirá ao pódio do Prêmio Melhores do Ano na noite da sexta-feira, 13 de dezembro. O evento que consagra os campeões da vaquejada brasileira acontece no Parque Arthur Filho, em Pilar-AL, com transmissão ao vivo pelo Canal Terra Viva, a partir das 19h.
 
Fotos: 1 - na sela de Ronaldinho
2 - pilotando Duques Wars
3 - montando Top Inesquecível
 
Créditos: Aluíso Alves, Allan Damasceno e Rodrigo Martins